segunda-feira, 23 de abril de 2018

Videira verdadeira


Resultado de imagem para videira e os ramos


“JESUS É A VIDEIRA VERDADEIRA E NÓS OS SEUS RAMOS”.


Jesus se compara com a videira. Uma das plantas mais antigas da humanidade que fornece uma bebida que se tornou universal desde a era antiga. Jesus é o transmissor da seiva do Pai. Sem a seiva do amor de Deus jamais seremos felizes. Parece que a humanidade inventa desculpas para justificar a ela mesma. Procura subterfúgios afirmando que eles trazem felicidade. Há muitos galhos secos dentro do mundo. Pessoas infelizes porque não se comunicam com Deus. Nós cristãos precisamos oferecer as pessoas escravas da ditadura do relativismo imposto pelos meios de comunicação social a verdadeira alegria que vem da comunicação permanente com o Criador. A seiva do amor de Deus é o único meio que pode nos trazer a felicidade permanente que é fruto de nossa obediência a Deus.


 Resultado de imagem para videira e os ramos

EVANGELHO (Jo 15, 01-08):

Naquele tempo, Jesus disse a seus discípulos: “Eu sou a videira verdadeira e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que em mim não dá fruto ele o corta; e todo ramo que dá fruto, ele o limpa, para que dê mais fruto ainda. Vós já estais limpos por causa da palavra que eu vos falei. Permanecei em mim e eu permanecerei em vós. Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira, assim também vós não podereis dar fruto, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira e vós os ramos. Aquele que permaneceu em mim, e eu nele, esse produz muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Quem não permanecer em mim, será lançado fora como um ramo e secará. Tais ramos são recolhidos, lançados no fogo e queimados. Se permanecerdes em mim e minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes e vos será dado. Nisto meu Pai é glorificado: que deis muito fruto e vos torneis meus discípulos”.


Resultado de imagem para videira e os ramos

“Eu sou a videira e vós os ramos. Aquele que permaneceu em mim, e eu nele, esse produz muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer”.

Na comparação que Jesus faz sobre a videira e os ramos, sentimos o quanto somos amados por Deus. Este amor deve fermentar em nós. Levando-nos a uma ação amorizante para que este mundo seja melhor através dos frutos que produzimos em nossa vida. A prática do bem é nosso desafio. Estamos impregnados com a influência do individualismo que leva a pessoa a sua própria ruína.
A doutrina de Jesus serve para ser aplicada em todas as épocas. Por esta razão que ele se serve de comparações. De fatos bem comuns do cotidiano do povo, para que se entenda a profundidade de sua doutrina. A videira é um tipo de vegetal bem resistente e que em determinadas épocas do ano parece ter perdido a vida quando os ramos secos são retirados no momento da poda. Parece que não ficou mais nada. Na época certa surge a brotação como um verdadeiro milagre da natureza. Do tronco seco surge um verde belíssimo que enche nossos olhos de alegria.
Jesus se utiliza desta beleza simples e significativa que acontece na natureza, para dizer que longe do tronco nós perdemos a vida. Ele é o responsável por transmitir a seiva para nós que somos os ramos. Se nos afastarmos do essencial seguindo nosso egoísmo, estaremos perdendo a seiva do amor de Deus. A oração faz que estejamos sempre unidos a Ele. O diálogo sincero com o Senhor transmite a seiva do amor para nosso coração e aos poucos vai nos transformando.
Muitas vezes precisamos ser podados pelo Senhor. Tirar de nossa vida aquilo que nos impede de nos sentirmos amados por Ele. As dificuldades da vida quando lidas de uma forma humilde e oferecidas a Deus podem nos ajudar a crescer continuamente no amor. Na realidade todos passam por momentos difíceis que Deus permite para que sejamos forjados no seu amor. O sintoma da presença do amor é a capacidade de sofrimento do que ama de verdade. Nesta vida não teremos felicidade permanente porque Deus nos reservou a vida eterna.
Jesus é a verdadeira videira, porque é por meio dele que alcançamos à salvação. Quando procuramos viver uma vida nova na graça de Deus superamos as barreiras do egoísmo e crescemos no amor. A nossa tarefa é produzir frutos. Eles são consequência da nossa comunhão com Cristo. Quando nos aproximamos do bem, produzimos o bem.
Quanto mais podados nós formos em nosso egoísmo, mais capacitados nós estaremos em produzir frutos. Deus permite muitas podas em nossa vida para podermos melhorar. Só poderemos produzir frutos se estivermos ligados ao tronco. Por nossa própria engenharia não podemos fazer o bem que tem a sua fonte única em Deus.
O amor é exigente e transformante. O contato com a seiva de Cristo muda nossas atitudes e valores. Quando amamos de verdade estamos sempre dispostos a deixar algo pelo amado. Hoje as pessoas querem uma felicidade imediata que não passa pela poda da verdade e por isso acabam sofrendo muito mais do que se estivessem a inteira disposição do Senhor.
 Resultado de imagem para videira e os ramos
 “Senhor Jesus nós vos pedimos a graça de estarmos sempre ligados convosco através da oração.”




segunda-feira, 16 de abril de 2018

O Bom Pastor



Resultado de imagem para bom pastor 

“JESUS CRISTO É O BOM PASTOR QUE NOS CONDUZ NA CAMINHADA INSTÁVEL DESTA VIDA EM DIREÇÃO AOS PRADOS ETERNOS”.


As comparações que Jesus fez em suas pregações são fantásticas. Uma delas ele se compara ao “pastor das ovelhas” que ama seu rebanho. É interessante que esta profissão era considerada de baixa categoria devido a questão higiênica. O pastor sabe de suas limitações e orienta as ovelhas para as verdes pastagens. Jesus é o Caminho, a Verdade e a Vida. Jamais podemos esquecer-nos desta realidade. Ele é a fonte da verdadeira felicidade. Não os “falsos” pastores que nos dominam e nos arrastam para o egoísmo. Estamos sendo dominados pela ditadura do relativismo e esquecemos que Jesus Cristo caminha conosco e percebe nossas dificuldades. Vamos rezar especialmente pelas vocações neste dia de oração universal nesta intenção. Para que possamos ter excelentes vocacionados que sigam o pastor e levem os outros a segui-lo.

Resultado de imagem para bom pastor 



EVANGELHO (Jo 10, 11-18):

Naquele tempo, disse Jesus: “Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida por suas ovelhas. O mercenário, que não é pastor e não é dono das ovelhas, vê o lobo chegar, abandona as ovelhas e foge, e o lobo as ataca e dispersa. Pois ele é apenas um mercenário e não se importa com as ovelhas. Eu sou o bom pastor. Conheço as minhas ovelhas, e elas me conhecem, assim como o pai me conhece e eu conheço o pai. Eu dou minha vida pelas ovelhas. Tenho ainda outras ovelhas que não são deste redil. Também a elas devo conduzir; escutarão a minha voz, e haverá um só rebanho e um só pastor. É por isso que o Pai me ama porque dou a minha vida, eu a dou por mim mesmo; tenho poder de entregá-la e tenho poder de recebê-la novamente; esta é a ordem que recebi do meu Pai”.

Resultado de imagem para bom pastor

 O bom pastor dá a vida por suas ovelhas. O mercenário, que não é pastor e não é dono das ovelhas, vê o lobo chegar, abandona as ovelhas e foge, e o lobo as ataca e dispersa.


Ser pastor é cuidar de forma incondicional de cada ovelha em particular e do rebanho em geral. A figura do pastor representa o interesse que Deus tem de que todos se salvem. O pastor tem amor pelo rebanho o que diferencia do que busca só o seu interesse pessoal. O amor que constitui a essência de Deus é uma saída de nós mesmos para a construção do próximo.
Não podemos calcular o amor que Deus sente pelas suas criaturas. Ele deseja que todos se salvem. É nesta realidade que podemos entender o seu profundo esforço. Semelhante ao pastor que ama seu rebanho procura o bem de suas ovelhas.
Quando nos consagramos a Deus em nosso batismo, queremos seguir os passos de Jesus em nossa vida. Procuramos configurar a nossa caminhada cristã com Cristo que nos orienta com seus valores.

Resultado de imagem para bom pastor

No momento em que experimentamos o amor de Deus em nossa vida nos tornamos pastores de nossos irmãos pelo nosso testemunho da felicidade do seguimento de Jesus. Temos a certeza de sua presença em nossa vida que nos auxilia em meio às nossas limitações e dificuldades.
Buscar o bem universal é tarefa de todo cristão. Não é fácil a concretização do que sentimos e experimentamos dentro da realidade em que vivemos. O mundo moderno sofre as consequências do egoísmo e das suas rupturas. Sofre por adorar ao mal e esquecer o Bem. O mal pode ter uma aparência sedutora, mas nunca poderá fazer bem a nossa vida.
O pastor está sempre atento aos ataques do inimigo do rebanho. Hoje os lobos têm várias formas de se apresentarem. O relativismo, especialmente com as coisas de Deus, faz que as pessoas se afastem da verdade, ou assumam outras verdades que são só paliativos para os verdadeiros problemas que afligem a pessoa em suas raízes. A grande mídia ainda colabora para confundir mais as pessoas valorizando o que não presta e desvalorizando o que presta.
O cristão deve ser ovelha de Jesus e pastor dos irmãos. Só a partir de uma profunda experiência transformadora poderemos “falar” de Deus. A verdadeira pregação envolve todo o ser da pessoa. Por esta razão o testemunho se torna um complemento essencial para o que falamos. As palavras sem a vivência se tornam vazias. É certo que todos estão em um processo de busca do essencial. Por esta razão precisamos ser verdadeiros conosco mesmos.
A ovelha é reconhecida pela sua humildade e mansidão. Para aceitarmos a verdade de Cristo precisamos ser humildes. Todos são desafiados a aceitar em suas vidas o amor de Deus. Santa Teresa de Jesus nos afirma que quando andamos na verdade somos humildes. Para que a Graça de Deus possa atuar em nossa vida, precisamos abrir nossos corações. Retirar dele todo egoísmo e vaidade.
Que o Senhor nos envie santas e perseverantes vocações para que possamos ter bons pastores que orientem o povo de Deus para os valores permanentes, para a felicidade profunda do encontro com a Palavra de Deus e com a Eucaristia.

Resultado de imagem para bom pastor

“Senhor Jesus venha nos conduzir pelos prados e campinas da vida sem esquecer o que nos ensinastes”.